Referendum mundial sobre o clíma bemvind@ ao site lusofono para sua divulgação e sua organização
Apelo à conciência para nossa emancipação do sistema capitalista e a restauração da harmonia entre os homens e a natureza.
AddThis Social Bookmark Button

Referendum mundial Clíma para uma consulta dos povos da terra.

humanité miniO referendum mundial sobre o clíma não se justifica porque a terra está em perigo. Não está.

Mesmo estando machucada agora, a terra tem a idade venerável de cerca de 5 bilhões de anos. A terra sofreu vários ciclos de renovação muito antes do aparecimento do homem e sofrerá muito mais ainda se continuamos assim.

O referendum mundial sobre o clíma não tem a vocação de defender a vida.

Em si a vida não está em perigo, ela sempre encontra seu caminho, mesmo após extinções em massa. A Terra passou por cinco grandes perdas de até 90% de espécies marinhas e terrestres. Assim pensando bem, nós é que precisamos da terra, com um equilíbrio particular de nosso ecossistema, mas ela, será que precisa de nós?

O referendum mundial sobre o clíma é só a oportunidade de nós, os povos do mundo, escolher e decidir entre : nous sommes l'humanité

Perseguir a opção do capitalismo, da predação e da morte, ou optar pelo caminho da harmonia com a natureza e do respeito pela vida.

"Todos nós respiramos o mesmo ar, bebemos a mesma água, vivemos na mesma terra. Todos nós devemos protege-la." - Raoni, cacique da tribo Kayapó (Amazônia).

<p >As palestras sobre as mudanças climáticas da ONU se sucedem permanecendo semelhantes: Kyoto, Copenhagen, Cancun, Durban e logo Rio de Janeiro para a Rio+20, do 20 ao 22 de junho de 2012 (nota: dois dias no ano para cuidar de um problema global e complexo: baile de máscaras, teatro de fantoches), 193 chefes de estado que não concordam em nada e defendem interesses divergentes : mas quais interesses, os nossos???

Quem se lembra de ter sido consultado, pelo menos uma única vez, por nossos chefes de estado antes dessas conferências da ONU sobre as mudanças climáticas ?

Nós afirmamos em alta voz : os povos não têm divergências, todos têm as mesmas necessidades !!

"Nós devemos aprender à (bem) viver juntos como irmãos ou morrer juntos como idiotas" Martin Luther King

A paz no mundo e o fim da miseria resultarão de nossa capacidade à trancender nossa própria noção comunitária, abolindo as fronteiras para nós aproximar sem medo, todos irmãs e irmãos na humanidade, ricos de nossas culturas.

"Nós devemos nos lembrar dos ideais mas não dos homens porque o homem pode fracassar, pode ser preso, morto e esquecido, mas 400 anos mais tarde, suas convições ainda podem mudar o mundo. Eu fui testemunho do poder das ideias, vi pessoas matar em seus nomes, morrer defendendo ideias, mas não se pode tocar uma ideia, ideias não sangram e não sentem nada, nem a dor nem a morte."

V de vendetta

O referendum mundial sobre o clíma é a ideia proposta apesar de sabermos que não temos 400 anos. As mudanças climáticas se aceleram perigosamente e o prazo para nossa sobrevivencia está se aproximando. Nós somos apenas o veículo desta ideia, oriunda em grande parte da sabedoria dos povos indígenas. Esta ideia não pertence à ninguem, cada um pode divulga-la e ser o veículo do poder das ideias.

Uma resposta global para sair desta loucura total.